terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

EU NUNCA PULEI CARNAVAL



·               * Transcrição daquela conversa boa na varanda com um velhinho querido:

“Eu nunca pulei carnaval.
Mas eu também não falo mal não.  Deixa os menino pular.
Eles precisa disso.  Ninguém pode ficar pensando nos problema o tempo todo.  Cansa, sabe?
Isso é bom igual pegar uma música e botar pra tocar a tarde toda. A gente vai lá pra quando era jovem e fica lá um tempão.
Claro que vem os perigo de quem não sabe se divertir e também os que bota fantasia e não sabe mais quem era antes da festa e fica assim com as pintura por muitos anos.
O nome é bem isso, não é? Alegoria.
Eu não critico não. É o tal do mal necessário.
Que se fantasiem com sorrisos.
E queira Deus que se confundam fantasia e realidade.
Alegoria no coração das pessoas para que consigam sorrir.”

(Seu Eupídio)

5 comentários:

  1. Oi Bruno
    Tudo bem? Você fica um tempão sem postar nada, depois vem com um texto bem legal como esse. Gostei, apesar de que não gosto de carnaval, desse que passa na TV, e porque minha cidade fica invadida pelos turistas kkk.
    Bjos. Fique com Deus!
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu! Também não gosto de carnaval, mas realmente acho que essa fuga da realidade tem seu lado positivo. Obrigado pela visita! Beijo! Fique com Deus também.

      Excluir
  2. Adorei essa conversa de varanda.
    Eu não posso dizer 'nunca', mas posso dizer que hoje eu não pulo mais rsrsrs.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Paty! Obrigado pela visita!

      Excluir
  3. Adorei essa "conversa de varanda". Um texto delicioso, como só esse tipo de conversa pode ser.
    Abraços!

    ResponderExcluir